Planos de saúde pagando pela reprodução assistida?

Planos de saude estão sendo obrigados a fornecer tratamento de reprodução assistida por força de decisões judiciais. A terapia está excluida do rol de procedimentos da ANS (Agencia Nacional de Saude Suplementar).

Em dois anos, quase triplicou o numero de ações de casais brasileiros que recorreram a Justiça para esse fimm segundo levantamento on-line em oito Tribunais de Justiça do País (são Paulo, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Distrito Federal, Mato Grosso do Sul, Bahia e Pernambuco). 

A quantidade de processos (acordãos em segunda instancia) passou oito, em 2015, para 20, em 2016. Em 78% dos casos, a decisão foi Favoravel aos casais. Cada FIV (fertilização in vitro) custa, em média, R$ 20 mil. 

Confira a matéria completa em: Folha de São Paulo

Fonte: Folha de São Paulo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba as novidadesCadastre-se para receber todas as nossas novidades

Cadastre-se para receber todas as nossas novidades

Fale conosco