10 sinais que podem indicar Câncer de Próstata

Alterações na urina e dificuldade para manter a ereção são sinais que podem indicar câncer de próstata, uma doença comum após os 50 anos. No entanto esses mesmos sintomas também podem ocorrer devido a alterações benignas, como na próstata aumentada, por exemplo. Por isso, é importante ir ao urologista pelo menos 1 vez por ano após os 45 anos de idade, para fazer exames de rotina, para identificar qualquer alteração prostática o quanto antes.

A próstata é uma glândula que se localiza perto do ânus e por isso o exame de toque retal é a melhor forma de avaliar sua saúde. É a próstata que produz o líquido que forma o esperma que é importante para conduzir os espermatozoides até o óvulo durante o contato sexual. 

É preciso estar atento aos seguintes sinais, que podem indicar um tumor na próstata:

1.    Dificuldade para urinar;

2.    Diminuição da quantidade de urina;

3.    Dificuldade em interromper a passagem da urina;

4.    Vontade frequente para urinar, acordando várias vezes durante a noite para ir ao banheiro;

5.    Sensação de que a bexiga ainda está cheia, mesmo após urinar;

6.    Urinar em gotas;

7.    Dor na região dos testículos;

8.    Impotência ou dificuldade para manter a ereção;

9.    Dor ao ejacular;

10. Presença de sangue no sêmen.

Além disso, se o câncer tiver se espalhado para outras regiões do corpo, também é comum a presença de sintomas como dor nas costas, nas coxas, nos ombros ou em outros ossos, por exemplo.

Caso surjam alguns destes sintomas, deve-se procurar o urologista para fazer exames que identifiquem alterações na próstata, como o exame de toque retal e o PSA, que é um exame de sangue. Veja quais os exames que são feitos para avaliar a próstata e a saúde masculina.

 

Sintomas do câncer de próstata avançado

Nos casos mais avançados, em que a próstata está muito aumentada ou que tenha ocorrido metástase do câncer para outras regiões do corpo, os sintomas podem incluir:

·         Incontinência urinária ou fecal;

·         Fraqueza nas pernas;

·         Dor nos ossos;

·         Insuficiência renal.

Nos estágios mais avançados, é importante procurar o médico para que ele avalie a extensão da doença e se outros órgãos foram atingidos, com o auxílio de exames como biópsia da próstata, cintilografia ou tomografia computadorizada.

 

Tratamento para câncer de próstata

O tratamento para câncer de próstata é feito de acordo com o estágio da doença e do estado de saúde do paciente. Normalmente o tratamento é feito com:

·         Cirurgia: é o tratamento mais utilizado, pois retira a próstata e nos casos iniciais da doença, traz a cura total;

·         Radioterapia: usada nos casos em que a cirurgia está contraindicada ou quando o paciente não quer ser operado;

·         Hormônios: são usados para controlar a produção de hormônios que promovem o desenvolvimento da doença.

Nos casos mais avançados da doença normalmente são utilizados dois desses métodos de tratamento, sendo muitas vezes necessário retirar além da próstata, os testículos também.

O aumento da próstata nem sempre é indicativo de câncer, apesar de provocar os mesmos sintomas. 

Fonte: Tua Saúde

Leia também: Novembro Azul

Acesse nossa loja virtual:

www.prescritamedicamentos.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba as novidadesCadastre-se para receber todas as nossas novidades

Cadastre-se para receber todas as nossas novidades

Fale conosco